sexta-feira, 23 de março de 2012

Twitter na educação- uma experiência com alunos EJA


história com ericCansado de ler teóricos e teorizar acerca das TIC na educação resolvi colocar em prática o uso do TWITTER em uma escola onde ainda mantenho carga horária.  A princípio em uma turma, cujo perfil não contribuía em nada para o sucesso da "nova metodologia".

 Perfil: Turma EJA 1° E 2° ano , noturno, formada em sua maioria por trabalhadores, aulas nos dois últimos horários da quinta feira. 

 A experiência... 
A experiência foi motivada inicialmente por uma cobrança de alguns alunos que reclamaram de que quase não tinham aulas de história, pois, praticamente todos os feriados, eventos na escola caíam na quinta feira e que quando eu "aparecia", já era pra entrar com matéria, não tendo tempo para correção de exercícios e eles acabavam "se dando mal nas provas". Aceitando a crítica e percebendo o interesse destes alunos, resolvi propor uma alternativa para os nossos estudos e prova. Propus que criássemos um twitter exclusivo para a nossa disciplina para termos momentos "extra-classe". O nome do twitter  é "história com eric". 

 A metodologia e ações... 
 A princípio levei os alunos para o laboratório de informática e com o auxílio do professor Sidney Silva, professor lotado neste espaço, cadastramos os alunos na rede social, mostrando-lhes as características do twitter e o seu manuseio. 
Devido a dificuldade inicial de alguns alunos, esclarecemos que a participação pelo twitter não seria obrigatória, mas opcional. Alguns não quiseram se inscrever, mas com o passar dos dias e devido à influência dos colegas começaram a participar. 
 As atividades no twitter abrangeram os 3ª e 4ª bimestres de aula, 15 alunos, sendo que aquele que participava do twitter não realizaria a "prova tradicional". No entanto, pairava uma dúvida em mim, até que ponto estes alunos de fato estão captando os conteúdos? a saber: escravidão negra na Amazônia, belle époque e soldados da borracha. Poderiam estar unicamente copiando e colando sem fazer reflexões sobre os temas.                      
 A quarta e última avaliação da escola foi um "simulado" então percebi que este seria o momento... propus aos alunos "twitteros" que eles realizassem o mesmo, apenas para "constar" e testassem seus conhecimentos. Para minha surpresa eles obtiveram um bom desempenho.Conforme mapa de desempenho AQUI. No twitter o método consistia no seguinte: Perguntas eram realizadas para que os alunos pesquisassem a respeito e postassem pelo twitter seus comentários. 

 Resumo da ópera... 
  • 40 mensagens minhas foram enviadas aos alunos. Ainda não tive tempo para contar com exatidão, mas com certeza mais de 200 mensagens relacionadas ao conteúdo de história foram foram enviadas pelos alunos a mim. Considerando o perfil da turma acredito que tivemos avanços.
  • Foi uma ação que pretendo repetir este ano letivo, pelo estreitamento de relações que ocorreu, alguns alunos tem mais liberdade de expressão pela web.

  •  Sem dúvida os alunos se interessaram mais pela disciplina.Tendo como consequência uma melhoria no rendimento escolar.
  • Mais trabalho? e como. Mas ganho pela pesquisa realizada e em satisfação profissional. Estou compartilhando essa experiência pois sei que há um grande número de pesquisas na área. E me coloco a disposição para fornecer mais detalhes sobre o ensaio.
 Eric

20 comentários:

Jenny Horta disse...

É isso aí, Eric!! Que ideia bacana essa!
Não desanime se os resultados não chegarem de imediato. Eles chegarão, com certeza!
Vou acompanhar sempre que possível, mande sempre notícias.

Fátima Franco disse...

Professor:
parabéns pelo seu trabalho inovador.

Vanessa Vieira disse...

Parabéns pela iniciativa Eric. E que bom que deu certo! Fico muito feliz em poder conhecer trabalhos como o seu! Beijo grande!

Prof. Adinalzir disse...

Prezado Eric
Você é um professor que faz a diferença. São desses que todos nós precisamos. Meus parabéns!

Josete disse...

É isso aí professor!
Essa “ousadia” é fundamental para um trabalho como esse...
Paulo Freire deve estar muito feliz, parabéns!
Josete

ericsiqueira disse...

Jenny, Fátima, Vanessa,Adinalzir,Josete.Equipe maravilhosa do grupo blogs educativos. Obrigado pela visita.

http://lemaposerra.blogspot.com.br/ disse...

Voltou com tudo. Parabéns.

Quero aprender..

Abraço,
Léa

Franz disse...

Eric, parabéns pelo blog, cada vez mais interessante e rico.
Como sabes, estou com a disciplina Informatica Educativa na Escola de APLICÇÃO DA UFPA,e gostaria de tentar uma experiência semelhante a essa. Podes mandafr uma cópia desse projeto?
Abraços
Franz

Suely Aymone disse...

Oi, Eric!
Já trabalhei com turmas de EJA e sei bem sobre o interesse desses alunos... acho que não seria exagero dizer que as melhores aulas eram com essas turmas. Pessoas questionadoras, que, embora cansadas, depois de um dia de trabalho, estavam na aula com muita vontade de aprender...
Imagino a alegria do teus alunos ao se depararem com um professor como tu, sem medo resolver os problemas com criatividade!!!
Parabéns pelo projeto!
Abraços!

ericsiqueira disse...

Suely, alguns professores estranham quando digo que gosto de trabalhar com turmas EJA, mas depende muito da metodologia. Quando você deixa eles participarem se sentem valorizados. Olá meu amigo Franz que bom tê-lo aqui. não fiz um projeto da forma como conhecemos, formalmente,como disse na postagem essa iniciativa nasceu de uma necessidade, fui colocado na parede pelos alunos. Mas quando escrever o artigo, conforme incentivo do grupo blogs educativos, estará a sua disposição. Abraço.

Anônimo disse...

Adorei sua iniciativa! Sou pedagoga na EJA. Estarei divulgando seu trabalho junto aos nossos professores.

Parabéns...

NAMMES disse...

Eric,
Todas as ferramentas tecnológicas se transformam em objetos de aprendizagem, ou não, de acordo com quem está no "comando". E o maior ganho com esta experiência é o quanto sua prática pedagógica se torna interessante e atraente!!
PARABÉNS...
SUCESSO SEMPRE!!!
Niuza Eugênia

Marli Fiorentin disse...

Obrigada por compartilhar essa experiência. Muito se tem falado no uso das redes sociais na educação, mas pouco se vê de concreto. Compartilhar experiências que deram certo é uma forma de encorajar outros colegas a inovarem. Grande abraço!

ericsiqueira disse...

Olá Niuza, obrigado pelo incentivo. Marli, que bom tê-la por aqui. Já vi seu trabalho sobre blogs, maravilha.

Márcio disse...

Boa tarde, Eric!
Você deve ter construído uma bela história com essa turma, parabéns pela iniciativa! Sou estudante de Licomp e estou fazendo um trabalho sobre o uso das redes sociais na educação e gostaria da sua autorização para incluir sua experiência. Caso autorize, por favor, me envie um email com seus dados curriculares e dados adicionais do projeto como cidade e escola que foi realizado para que possa referenciá-lo corretamente.
Meu email é marcio.075015a@uab.ufjf.br
Obrigado e mais uma vez parabéns!

ericsiqueira disse...

Sem problemas Marcio, já enviei o email.Obrigado pela referência.

Ana Cecilia disse...

Gostei da experiencia e pretendo adptá-la em minha nova escola, nos projetos da SI, e colocar para os professores,l estou tentando adaptar dinâmicas utilizando as redes sociais.
Estou NO Cordeiro de Farias! Novos ares!
Beijos!

Eziquiel Menta disse...

Eric, sou da Secretaria de Educação do Paraná e gostaríamos de adaptar uma ilustração que acredito ser sua, gostaria de entrar em contato por email, é possível?
menta@seed.pr.gov.br

Prof. de História disse...

Trabalho dobrado, mas se é compensador, por quê não continuar?
http://oficinadahistoriapb.blogspot.com.br/

ericsiqueira disse...

Respondendo: Migrei para uma outra rede social devido as facilidades de trabalho com grupos. Há dois anos, qualquer dia divulgo o trabalho.